Total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Cada um com suas metamorfoses

Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Eu quero dizer
Agora o oposto do que eu disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou
Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor
Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator
É chato chegar
A um objetivo num instante
Eu quero viver
Nessa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou
Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor
Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator
Eu vou desdizer
Aquilo tudo que eu lhe disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha velha velha velha velha
Opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Raul Seixas

Nessa conhecida música do cantor brasileiro Raul Seixas, permite colocá-la a uma visão do sociólogo Max Weber e sua sociologia compreensiva. Então, Weber olha para os acontecimentos e objetos da sociedade portando-se em compreender as ações sociais de cada indivíduo. Este, pondera valores, objetivos, opiniões externas, em sua cosmovisão e consciência individual e estabelece ações diante da sociedade. O autor então diferentemente do que os outros pensadores sociais e coloca de forma separada os fatos que ocorrem com uma coação externa, assim, os indivíduos nessa "metamorfose ambulante" de consciência, objetivo e valor ao transmitir uma ação para a sociedade. Weber classifica tais ações em quatro características: a) ação com relação a um objetivo; b) ação com relação a um valor; c) ação emotiva; e d) ação tradicional. Com isso, "eu sou um ator", "eu vou desdizer", "eu prefiro ser" transparece nas composições das ações individuais perante a sociedade.

Ana Caroline Gomes da Silva, 1º ano Direito noturno


Nenhum comentário:

Postar um comentário