Total de visualizações de página

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Seja soneto

Em um mundo onde todos têm certeza
Não há quem se arrisque a interrogar
A aceitação vem com o concordar
Sem esforço, sutil, essa é a beleza

Para quê interpretar a natureza?
Racionalidade não tem lugar
Não pense, basta se padronizar
No poema: soneto - forma presa

Mas então, alguma coisa fizeram?
Na ciência moderna: o alento
Mal compreendidos, decerto, eram

Mas a razão e o questionamento 
Descartes e Bacon já propuseram
O Caminho para o conhecimento

Gabriel Chiusoli Ruscito - 1° ano, Direito noturno

Nenhum comentário:

Postar um comentário