Total de visualizações de página

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Necessidade do conhecimento

          O conhecimento, conceito tão estudado e tão mutável. Tão suscetível a diferenças sociais, raciais, culturais, entre outros fatores que formam as lentes pelas quais os seres humanos enxergam suas experiências.
          É a partir das experiências que as pessoas são guiadas, e assim, o conhecimento segue o mesmo plano, pois é feito pelos homens. Nosso conhecimento é sempre moldado pelo senso comum, construído ao longo do tempo pelos homens que convivem em sociedade. 
          A ciência moderna nasceu com o objetivo de superar a superstição e se posicionar de forma neutra. Mas, será possível a existência de um conhecimento neutro? Tendo em vista que ele é formado pelas experiências e o meio de que cada um veio, as influências moldam e fazem com que a neutralidade não seja uma coisa simples de se encontrar.
          A base da ciência, é válido ressaltar, é a dúvida. O ser humano é movido pela dúvida, a falta de certeza sobre um assunto faz com que a necessidade do saber dê a sede de conhecimento necessária para o desenvolvimento da ciência. 
          O conhecimento gera, para as sociedades com as quais têm maior influência, ídolos. Os ídolos são falsas percepções do mundo, eles fazem com que as pessoas supram suas necessidades, curiosidades e relações interpessoais. Eles interferem em todos os aspectos humanos nos aspectos que regem a convivência humana.
          A natureza do conhecimento é o que move a existência humana. A dúvida e a necessidade que ela causa fazem com que o ser humano busque cada dia mais a evolução cognitiva, e assim, a melhora da vida de uma maioria.
          

Nenhum comentário:

Postar um comentário