Total de visualizações de página

sábado, 12 de agosto de 2017

Lei e ordem

          Lei e ordem, palavras que exprimem os princípios básicos defendidos por aqueles que buscam a estabilidade e o progresso das sociedades humanas. É inegável os avanços tecnológicos e científicos que a sociedade adquiriu com essas palavras, porém, as sociedades humanas, como um todo, acabaram por ficarem estratificadas, onde seria possível, principalmente pela visão positivista, promover e continuar esses avanços.
     Porém, por mais que essa estratificação produza diversos avanços científicos rápidos e contínuos, ela também produz uma rigidez social e a predominância de visões dogmáticas dentro da sociedade, o que resulta nos poucos e pequenos avanços nas liberdades sociais, em que, por mais que a ciência tenha capacidade de proporcionar alimentos a todos, ainda encontramos inúmeros casos alarmantes de populações desta mesma sociedade sofrendo com a fome e a miséria.
      Além disso, certos indivíduos que possuem uma gama de talentos e habilidades que possam contribuir ainda mais para o avanço da sociedade, em geral, não conseguem almejar posições e cargos que permitam essa contribuição, pois, muitas vezes, esses indivíduos encontram-se em camadas sociais postuladas e consideradas como mais baixas ou até mesmo insignificantes, não sendo o papel social deste individuo assumir as posições sociais consideradas mais altas.
      Lei e ordem são necessárias para uma boa convivência entre os seres humanos, porém, essa lei e essa ordem não devem se tornarem dogmáticas e rígidas, para que, assim como a ciência, o social também sofra modificações, afim de que esses avanços sejam distribuídos e aproveitados por todos os membros da sociedade. 
     Assim, com uma sociedade que permita que as suas populações sejam cada vez mais livres e tratadas de forma justa, os avanços científicos e tecnológicos se tornarão cada vez mais frequentes e eficientes, o que resulta no bem estar cientifico e social de todos na sociedade.
       
                                                                     Augusto Fávero Merloti - Direito 1 Ano - Noturno

Nenhum comentário:

Postar um comentário