Total de visualizações de página

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Self Conversation/ Conversa mental

I- I feel like a flower, like a flower that is ready to bloom.
S- But you are no flower, so behave like you nature.
I- Behave like my nature? But what Nature has to do with our life? Should the nature dictate my self been? Should the nature restrict my thoughts, my will, my hapiness?
S- Don't act like a fool, there is no such thing like hapiness. There is life, there are rules and there is sense. These are the only thoughts that should immerse you mind.
I- But life exists to be lived, truly lived.
S- How a better way to live if not by the rules?
I- No! No rules, senses!
S- Senses are weaks, nobody wants to be the Flower: fragile, breakable and insecure.
I- But the Flower is beautiful, unique and her own self.
S- Even so the flower are trampled by standardization wave, there is no light under this wave, how the flowers will survive with no light?
I- Maybe there is no meaning in surviving, maybe the only meaning is through life, even if living means dying.

One more flower in the garden. One less soldier in the crowd.

I- Sinto-me como uma flor, como uma flor pronta para desabrochar.
S-  Você não é flor, então comporte-se de acordo com a sua natureza.
I- Comportar-me como a minha natureza? Mas o que a natureza tem a ver com nossa vida? Deveria a natureza ditar meu bem estar? Deveria a natureza retringir meus pensamentos, minhas vontades, minha felicidade?
S- Não seja tolo, a felicidade não é algo que existe. Existe a vida, as regras e a sensatez. Estes são os únicos pensamentos que devem imergir a sua mente.
I- Mas a vida existe para ser vivida, verdadeiramente vivida.
S- Que maneira melhor para viver se não pelas regras?
I- Não! Não pela regras, pelo sentidos!
S- Os sentidos são fracos, ninguém quer ser uma Flor: frágil, quebrável e insegura.
I- A Flor é bela, única e seu próprio eu.
S- Mesmo assim a Flor é pisoteada pela onda da padronização, e não existe luz embaixo dessa onda, como as flores sobreviveriam sem luz?
I- Talvez não exista significado em sobreviver, talvez o único significado exista através da vida, mesmo que viver signifique morrer.

Mais uma flor para o jardim. Menos um soldado na multidão.



Larissa Lotufo (1º ano Direito- Noturno)

Nenhum comentário:

Postar um comentário