Total de visualizações de página

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Segundo a Gramática, segundo Durkheim

fato social
substantivo composto masculino
  "maneiras de agir, de pensar e de sentir, exteriores ao indivíduo, e que são dotadas de um poder de coerção em virtude do qual esses fatos se impõem a ele". Nem toda ação é um fato social - para ser considerado como tal, deve dotar de coercitividade, exterioridade e generalidade.
   
coercitividade
  1. substantivo feminino
    1. característica daquilo que é coercitivo.

  2.    2. Positividade, imperativismo. 
    Força constitucional que uma norma tem de se impor sobre as demais.
  3. DURKHEIM: Forma como os padrões culturais de uma sociedade se impõe aos indivíduos que a integram, obrigando-os (coagindo-os) a cumpri-las. 

exterioridade
  1. substantivo feminino
  2. 1. qualidade do que é exterior.

  3.    2. Lado exterior, parte de fora.
  4.    DURKHEIM: A sociedade já está organizada no nascimento dos indivíduos. Cabe a eles, por meio da educação, aprender suas leis, padrões e normas. 


generalidade
       substantivo feminino
       1. qualidade do que é geral, do que abrange uma totalidade de coisas, ou do que é    considerado em toda a sua extensão
   2. a maior parte, a maioria
DURKHEIM: Os fatos sociais não existem para um único indivíduo, são coletivos; existindo para todo um grupo ou sociedade.
solidariedade
substantivo feminino
  1. 1. caráter, condição ou estado de solidário.

  2. 2.
    jur compromisso pelo qual as pessoas se obrigam umas às outras e cada uma delas a todas.

  3. DURKHEIM:
  4. - SOCIAL:
     derivada do termo “obligatio in solidum”, que no direito romano expressava, primitivamente, a obrigação comunitária; as responsabilidades que o indivíduo tinha em relação a uma coletividade à qual pertencia. Dividida em:
  5. 1. MECÂNICA: primitivamente, a sociedade se organizava a partir das semelhanças psíquicas e sociais entre os membros individuais. Sua semelhança de valores garantia a coesão social. 
  6. 2. ORGÂNICA: cada indivíduo tem uma função e depende dos outros para sobreviver. É fruto das diferenças sociais, já que são essas diferenças que unem os indivíduos pela necessidade de troca de serviços e pela sua interdependência.


indivíduo
      adjetivo
  1. 1. não dividual; indiviso.


  2. 2. substantivo masculino 
  3. qualquer ser concreto, conhecido por meio da experiência, que possui uma unidade de caracteres e forma um todo reconhecível.




  1. DURKHEIM: parte de um todo. 
  2. Menor que a sociedade.
  3.  Parte integrante desta. É socializado porque, embora tenha sua individualidade, depende dos demais e, por isso, se sente parte de um todo.








Mariana Luvizutti Coiado Martinez - 1º ano Direito Noturno

Nenhum comentário:

Postar um comentário