Total de visualizações de página

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Ciência Excepcional





Durkheim em “As regras do método sociológico” define que o sociólogo deve se focar no estudo dos fatos sociais. Deixa claro que nem todos acontecimentos se passam em sociedade, e sim o conjunto de fatos com suas características próprias, algo diferente do estudo de outras ciências.
Existem três tipos de características identificadas por Durkheim nos fatos sociais: generalidade, exterioridade e coercitividade.
A generalidade é vista na difusão de crenças, modas, gostos, nas práticas de grupo na sociedade, e é justamente por serem feitas em grupo que se tornam um fato social. A exterioridade diz que os fatos sociais existem fora do indivíduo, ou seja, antes de ele existir já atuava sobre ele, sem precisar de sua vontade ou necessidade. A coercitividade é proveniente da força que os fatos provocam nos indivíduos, influenciado no modo de agir de acordo com as regras de sua sociedade.
Para Durkheim “a primeira e fundamental regra da observação dos fatos sociais consiste em os considerar como coisas, é preciso afastar todas as pré noções, definir bem seus objetos de pesquisa a fim de que se saiba do que está cuidando e buscar a objetividade através dos instrumentos metodológicos, buscando um ponto de apoio que elimine todas suas observações pessoais. ” Durkheim recomenda ainda que caso queira uma abordagem metódica será necessário estabelecer os primeiros fundamentos da ciência em terra firme.

Carlos Roberto Simões Nogueira - 1o Direito Noturno

Nenhum comentário:

Postar um comentário