Total de visualizações de página

sábado, 6 de agosto de 2016

Apenas um Fato Social


Uma sociedade marcada não apenas pelo individualismo e do imediatismo, através do falso contato pelas redes sociais, mas também de influências de potências mundiais, movido por espíritos e instituições, como exemplo a mídia, que usa símbolos para a manipulação e alto abastecimento de um ego mundial para que o sistema não entre em colapso guiada por uma moral.
Mas qual sociedade e qual moral? Tudo dependeria do ponto de vista. Assim como um terrorista ao cometer um atentado guiado por sua moral. Pois, para Durkheim, a moral não é universal, e sim cada um seria guiado por um grupo social moldando sua conduta. E então, ele diria que isso é apenas um fato social, o qual deveria ser analisado em sua realidade.
Desse modo, seríamos descartáveis, marginalizados e denominados disfuncionais ao não se encaixar em suas “funcionalidades” e nem aceitar essa imposição? Não, seria apenas outro fato social, sendo explicado por Durkheim também, e então, analisado para chegar à causa desse problema. E se tudo isso fosse um lubrificante para que as engrenagens continuem girando normalmente e mantenha essa imposição, e assim, ninguém perceba tal feito?
                                         

                                                                                Paulo César de Oliveira Borges
                                                                                1º ano Direito - Noturno

Nenhum comentário:

Postar um comentário